Porque o tempo não estica

E eu tenho que me dividir entre o emprego das 9 às 6, chegar a casa muito depois do que queria, correria de um lado para o outro e pouco tempo para actualizar este canto.

No entanto, não deixo de fazer coisas com as minhas mãos, mesmo com o pouco tempo disponível.
Tenho mil projectos na cabeça. Nenhum na gaveta, porque se os coloco lá, já sei que não lhes mexo tão cedo.
Estes próximos dias, até Domingo o mais tardar, tenho que correr contra o tempo.
Uma encomenda para um loja que tenho que entregar o mais tardar até 5ª feira à noite, e uma participação numa feira maior do que todas as outras. Uma feira em que, confesso, nunca esperei participar.
Mas o desafio surgiu e…porque não? Nem que seja para me divertir! Como aliás é tudo o que faço para aqui.
Enquanto me der gozo criar alguma coisa com as minhas mãos, enquanto passar horas de volta de arames, contas de vidro, cabos de aço e agora mais recentemente de feltros, fitas de organza, lantejoulas, agulhas e linhas e ao fim dessas horas todas continuar a sorrir com o prazer que tudo isto me dá, então continuo.

Este móbil vai para a loja. Outros surgirão para a loja e para a feira. Tento esticar o tempo, tento fazê-lo render. Mas nem sempre é fácil quando o cansaço acumulado se faz sentir.
Mas tudo vai correr bem….hei-de conseguir =)

~º(“.)º~

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s