O prometido é devido

Há muito tempo que ando para desvender um mistério aqui no blog.
E é hoje que o vou fazer.

Seguindo as sugestões da queridíssima Ana, peguei nas minhas contas e em cabo de aço e resolvi apostar nos marcadores de pontos (stitch markers).
Quem faz tricot entende a utilidade destas coisinhas pequenas.
Sempre que há necessidade de mudar um ponto, se não se tem um marcador, por vezes sai desastre.
Toda a gente arranja maneira de marcar os pontos com o que tem à mão. Exemplo disso é a própria Ana que, segundo me contou, usava palhinhas cortadas.
E porque não ter uns marcadores próprios, únicos e bonitos?

Ref.: Mark01/10.2005 e Mark02/10.2005

Estes dois já seguiram para a dona, sendo que o azul foi feito especialmente para ela e é “filho único”, já o outro faz parte de um conjunto de 5 marcadores.

Estes foram feitos ainda com arame. No entanto, o cabo de aço é muito mais maleável e, penso, não causará tanto desconforto como o arame, até mesmo por causa do peso. E quem faz tricot sabe que as agulhas podem tornar-se pesadotas por causa da quantidade de lã.

Todas as contas e missangas são de vidro.

~º(“.)º~

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s