Vício

Estou a começar a ficar viciada em “fazer coisas”.
Nunca tive muito jeito para trabalhos manuais, nunca tive (acima de tudo) muita paciência para trabalhos manuais.
Deu para perceber quando estava no 5º e 6º ano.
Apesar de, volta e meia, os professores gostarem e a minha mãe também de alguns trabalhos que lá surgiam, nunca tive grande jeito.

O artista plástico cá de casa é o meu irmão (mais velho).

Mas estou a começar a ficar viciada em conectar (como diz a Marta).
A verdade é que me distraio do que me chateia, do que me incomoda, do que me faz pensar tanto.

Hoje, e por vários motivos que não interessam nada (falta de material e orçamento para reposição de stocks até ao próximo fim de semana. . .lol), comecei as minhas primeiras experiências com Fimo.

(aliás, tudo o que aqui aparece são primeiras experiências de tudo. . .lol)

Estou a gostar do Fimo. Não quer dizer que saia alguma de jeito, mas. . .(não interessa).

No entanto, quem está encantada da vida e a fazer coisas lindas é a minha mãe.
Apoderou-se do Fimo, já fez aquilo que será (?) uma pregadeira com direito a brincos a condizer.

Enfim. . .pelos vistos cá por casa temos todos uma pequena veia para fazer coisas (uns com mais jeito do que outros. . .sendo que eu faço parte do grupo dos “outros”. . .lolll)

~º(“.)º~

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s